Técnica de Produção, Reportagem e Redação Jornalística

Para ler, contar e cantar poesia

Posted in Cultura, Fotojornalismo by micheletavares on 30/10/2009

 

 

 

 

 Por Bárbara Juliana

                                “O Cordel no mundo inteiro

th_João Firmino em frete à sua banca

João Firmino em frente à sua banca

                                 Está chamando atenção

                                 Tese de doutoramento

                                  E de pós-graduação

                                  É nos Estados Unidos

                                  Na Rússia, França e Japão”

Em versos, o cordelista Zé Maria da fortaleza, cantou a importância da cultura de Cordel. Essa poesia popular ficou conhecida como cordel, por conta de uma tradição portuguesa que na antiguidade penduravam os folhetins em cordão feito roupa.

O itabaianense João Firmino Cabral é grande conhecedor dessa arte.  História viva da literatura de cordel, começou a escrever aos dezesseis anos, a exemplo de seu pai também cordelista. Quem deseja conhecer mais da cultura de cordel, deve conhecer a banca de seu Firmino no Mercado Artesanal de Aracaju.  O cordelista passou a ocupar a cadeira 36 da Academia Brasileira de Literatura de Cordel e diz orgulhoso “Estavam presentes mais de trezentas pessoas em minha nomeação, foi uma honra pra mim”.

th_Livrinhos de Cordel

Livrinhos de cordel

A poesia feita pelo povo predomina no nordeste. Conta ‘”causos” que aconteceram na região, contos, lendas folclóricas. São escritas em estrofes com 6 ou 7 linhas ritmadas, métrica do Cordel. As ilustrações de capa dos livrinhos de Cordel são chamadas de xilegrafuras. O desenho é esculpido em madeira. Como um carimbo, passa-se tinta sobre ele e então imprime a imagem no papel.

Na literatura de Cordel, Lampião já foi do inferno ao céu. Tem também jumento que fala como numa estória contada por Seu Firmino: “A profecia do jumento que falou no Nordeste”.  Narra sobre um jumento que pede ao seu dono, um fazendeiro avarento, para não ser vendido e parar num açougue :

                          Seu João por favor me diga

                          Porque quer me assassinar

                          Pois me vender pra carreta

                          É mesmo que me matar

                          Jesus da eternidade

                          Me deu toda liberdade

th_Histórias Hilariantes do Cordel

Estórias hilariantes de Cordel

                          Para hoje eu lhe falar

                         …

O Cordel esteve presente em outras artes: música, cinema, novela . Exemplo é a música Pavão Misterioso interpretada pela voz de Ney Matogrosso , trilha da novela Saramandaia da Rede Globo. O filme “O Auto da Compadecida”, grande sucesso do cinema brasileiro baseado na obra do escritor paraibano Ariano Suassuna foram inspirações das estórias hilariantes de cordel. Personagens que fizeram parte da trama como João Grilo e Chicó, e, episódios como flauta encantada, o enterro da cachorra, foram baseados na criatividade da literatura popular. “O Homem que desafiou o Diabo” é mais um exemplo inspirado no cordel : o cabra que se revoltou, foi ao cartório mandou o escrivão fazer uma certidão de óbito e outra de nascimento. Morrera Arauju e nascera Ujuara.

A Literatura de Cordel é cultura do povo, assim denomina Seu Firmino. Canta as proezas e mitos de um povo .

Trás poesia, música e cultura

th_Novos cordeis

Novos cordeis

Rima, estória e alegria

Pode ser todo dia

Toda hora

Mas o cordel também tem toda bossa

th_Cordel e os causos nordestinos

Cordel eos causos nordestinos

Pra ler em casa,na rua, na roça

About these ads

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. REGINA said, on 15/03/2010 at 9:23 pm

    ADOREI TUDO!!!!!!!!!!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: