Técnica de Produção, Reportagem e Redação Jornalística

Aracaju participa da copa de 2014

Posted in Esporte by micheletavares on 22/10/2009

por Bruna Guimarães

A copa do mundo de 2014 ocorrerá no Brasil, com doze cidades sedes (Belo Horizonte; Brasília; Cuiabá; Curitiba; Fortaleza; Manaus; Natal; Porto Alegre; Recife; Rio de Janeiro; Salvador e São Paulo). Muitas cidades são candidatas a cidades de apoio da Copa de 2014 e seguem disputando nos bastidores o direito de receber e alojar algumas seleções. Aracaju, capital de Sergipe, o menor Estado do Brasil, se tornou uma das fortes candidatas a partir do momento em que apresentou o novo projeto do estádio Lourival Baptista, mais conhecido como Batistão.

O Batistão tem hoje uma capacidade de cerca de 20 mil torcedores. Com um investimento de pouco mais de R$ 87 milhões, o estádio comportará 40 mil pessoas. O dinheiro é fruto de uma parceria do Banco Nacional de

Estádio Lourival Baptista terá capacidade de 40 mil torcedores (crédito: Vigliecca & Associados)

Estádio Lourival Baptista terá capacidade de 40 mil torcedores (crédito: Vigliecca & Associados)

Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) com o governo do Estado, que pretende começar as obras em março de 2010. Além disso, será construído no estádio um minishopping com 5,3 mil metros quadrados e um estacionamento coberto de 3,8 mil metros quadrados. Pois a ideia não é só investir na parte interna do estádio, mas também ao redor do mesmo.

Aracaju foi considerada pelo Ministério da Saúde como a capital que tem a melhor qualidade de vida do Brasil. Para chamar ainda mais a atenção dos estrangeiros que vierem disputar a Copa do Mundo, o Aeroporto Santa Maria ganhará um novo terminal de passageiros, com quatro pontes de embarque, o pátio das aeronaves será ampliado, além de todo um trabalho de modernização do mesmo, num investimento que será de R$ 250 milhões por parte da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), e R$ 20 milhões oriundos do governo Estadual.

Para Jorge Santana de Oliveira, secretário da Secretaria de estado do desenvolvimento econômico, da ciência e tecnologia e do turismo (SEDETEC), por Aracaju ser próximo a Salvador e Recife, cidades-sedes da Copa, com os investimentos no setor turístico e, principalmente, com o desenvolvimento do projeto do novo Batistão, além das melhorias no aeroporto, Aracaju viu suas chances aumentarem e está bastante cotada para ser uma das cidades de apoio da Copa do Mundo de 2014.

“O turismo e a economia das cidades na época da Copa, aumentarão muito, pois o movimento de pessoas pelas cidades será muito maior, além de toda a procura por vê de perto uma seleção. Todo o investimento aplicado nas adaptações e melhorias da cidade, será logo recuperado. Os benefícios de um evento esportivo de tamanha magnitude como a Copa do Mundo é imenso para as cidades, pois as obras ficarão e as cidades passarão a fazer parte de uma rota de turismo internacional, devido ao destaque mundial que possui um evento desses”, finaliza o secretário.

Anúncios

3 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Monique said, on 23/10/2009 at 2:21 am

    Gostei bastante do tema e das exposições colocadas.
    Ficou bem legal. (:

  2. Arthur Pinto said, on 27/10/2009 at 5:37 pm

    éééééé e os estacionamentos!? Se hj já complicado estacionar o carro para ver o jogo imagina com 40mil pessoas… ir de coletivo nem se comenta, pois nosso sistema é precário demais pra entrar em pauta!!!

    Creio que o sergipano curte muito mais outros esporte do que o futebol!!! basta só observar no dia a dia!!!

  3. andré alvares said, on 19/08/2010 at 11:54 pm

    87 milhões investidos na reforma de um estádio de futebol não seria tão ruim assim,se não fossem outras prioridades de gasto do dinheiro público, sem contar o pobre futebol que se diz profissional. Na minha opinião,ex-frequentador do Batistão, o Estado deveria investir dinheiro no esporte amador, associações de bairro, ou até mesmo em conjuntos habitacionais para as classes menos favorecidas(rede de esgoto,drenagem,coleta de lixo), melhoria dos postos de saúde(desafogar o HUSE), investimento real na segurança pública atingindo as regiões menos favorecidas(papel pacificador e não opressor), e principalmente investir qualitativamente na educação dos jovens através de cursos técnico-profissionalizantes.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: