Técnica de Produção, Reportagem e Redação Jornalística

Coverama – O fenômeno que não para de crescer

Posted in Cultura by micheletavares on 22/10/2009
Por Morgana Brota

O Coverama é um evento de música alternativa que já tem espaço garantido na agenda do público jovem sergipano. O evento possui um formato de competição onde os candidatos representam grandes bandas. O idealizador do evento, Alexandre Hardman, explica que o Coverama evoluiu a partir de projetos de um show de tributos e de um festival de música independente. “O cenário independente em Sergipe é bastante carente, não por falta de qualidade dos nossos artistas, mas pela falta de incentivo do empresariado, e pela falta de apoio dos meios de comunicação”, revela.

Cover do Helloween. Foto: Morgana Brota

Cover do Helloween. Foto: Morgana Brota

O público do Coverama não é o mesmo da primeira edição, a média de pessoas que participam do evento subiu e há um crescimento significativo de inscrições de bandas pop para concorrer ao prêmio deste ano que não é nada menos que R$ 5 mil. A edição deste ano ficou marcada pelo seu ecletismo e pela diversidade de estilos musicais num evento em que as bandas de rock costumavam dominar. Ao que parece o público aceitou bem essas novidades, tanto é que as bandas pop conseguiram um número significativo de votos e três delas conseguiram se classificar para a final: Madonna, Abba e Spice Girls.

Semifinal do Coverama

No ultimo dia 3 de outubro, o BNB Clube foi palco de mais uma etapa do Coverama. A banda Skyline, que faz cover do A-ha, trio norueguês de muito sucesso nos anos 80, foi a grande vencedora da Semifinal, desbancou as favoritas da noite como Amy Winehouse e Helloween e garantiu sua vaga na final do concurso.

Noite da Semifinal. Foto: Morgana Brota

Noite da Semifinal. Foto: Morgana Brota

A Skyline foi a primeira banda a subir ao palco e mesmo com um público limitado, que ainda estava chegando ao clube, conseguiu ser a banda mais votada da noite. Desde sua formação a banda ensaia uma vez por semana para manter a forma. “Afinal de contas nós não tocamos só no Coverama”, declarou Felipe Marques, guitarrista da banda, em entrevista ao Empautaufs.

O Coverama é considerado por muitas bandas uma forma de divulgação gratuita do seu trabalho, outros encaram a competição mais como uma forma de diversão. Mas independentemente de qual seja o objetivo da banda todas tem um fator comum: se esforçam para oferecer a performance mais fiel possível do artista que representa. As bandas ensaiam, investem no figurino e procuram reproduzir até a forma como os artistas se comportam nos grandes palcos ao redor do mundo.

A grande final do Coverama acontece no próximo dia 7 de novembro.  A-ha vai competir com Abba, Guns’N Roses, Raimundos, COM 22, Nirvana, Matanza, Spice Girls, The Beatles, Madonna e Legião Urbana

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: