Técnica de Produção, Reportagem e Redação Jornalística

Moradores da Zona de Expansão sentem-se inseguros e assustados

Posted in Segurança Pública by micheletavares on 26/10/2009
zonaa

Ação da Policia Milítar na Zona de Expansão. Foto: Combaze

Por Verlane Estácio

A zona de expansão de Aracaju, localizada nas imediações da Atalaia, Aruana, Robalo e Mosqueiro vêm crescendo rapidamente nos últimos anos, o que acaba gerando inúmeros problemas como a ausência da segurança pública. Por se tratar de uma zona “afastada”, constantemente muitas residências são assaltadas de forma descarada. Até mesmo aqueles moradores que procuraram sair do agito do centro da cidade para procurar calma nas grandes fortalezas dos condomínios de casa cercados por muros altos, cerca elétrica, câmera e seguranças, não conseguem tranqüilidade. No inicio desse ano, condomínios fechados na Avenida Melício Machado foram invadidos, e famílias rendidas no meio da madrugada. No dia 12 de agosto, a igreja São Matheus, localizada na Aruana foi invadida por cinco homens e o pároco rendido se viu obrigado a entregar toda a arrecadação da Igreja. Os assaltantes também levaram os pertences dos fiéis que lá estavam.

Os moradores da região dizem que até pelo dia é impossível andar com tranqüilidade, os assaltos não tem horário para acontecer. A estudante de 21 anos, Ingrid Cavalcante, que reside na área conta que ao voltar da praia com duas amigas foi rendida por um homem armado com revólver que a ameaçou e levou sua bolsa, depois do acontecido ela se sente insegura ao transitar pelo local. “O assaltante pediu meu celular, mas eu havia perdido, ele não acreditou no que eu disse e tentou me levar para um matagal, depois chorei e disse que levasse minha bolsa, só assim ele foi embora”, diz a moça.

Quem não foi assaltado declara que convive com a insegurança constante e o temor de algo ruim acontecer. Iana Queiroz, estudante de 18 anos, que também é moradora do local, comenta que mesmo residindo em um condomínio fechado com cerca elétrica e seguranças armados alega que não se sente tranqüila ao sair de casa. “A rádio patrulha, localizada ao lado do Colégio Estadual Santos Dumont, tenta amenizar os problemas de segurança, mas nem sempre é possível. Assaltos em pontos de ônibus, porta de escolas, e até em igrejas não param de acontecer. Nunca fui assaltada, porém o medo é constante”, comenta.

zona13

Trecho da Zona de Expansão. Foto: Jorge Henrique

Segundo moradores, as rondas policiais dificilmente são vistas, muitos alegam que já viram policiais parados, fazendo nada e conversando na sombra, outras vezes são encontradas algumas viaturas da delegacia de turismo. Eles também reivindicam a instalação de uma delegacia na região, pois quando precisam de algum serviço são obrigados a se deslocar para a 4ª Delegacia Metropolitana (DM) que fica no Augusto Franco.

A presença da DM e um número considerável do efetivo de policiais ajudariam na segurança do local já que a área está em crescente expansão. A Secretaria de Segurança Pública (SSP) para amenizar a situação tratou de fazer abordagens em ônibus, ciclistas e pedestres, mas nada de anormal foi encontrado e ninguém foi preso. Na região do condomínio Costa Nova na Aruana, existe um batalhão da polícia comunitária que segundo a população quando acionados demoram a chegar ou até mesmo não aparecem. A equipe do Empautaufs entrou em contato com SSP através de sua assessoria, mas não obteve resposta.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: