Técnica de Produção, Reportagem e Redação Jornalística

Abrigo de animais: uma ação social

Posted in Fotojornalismo, Uncategorized by micheletavares on 30/10/2009

Texto e fotos por Layanna Machado

adasfa1

Muro da frente da Associação de Defesa dos Animais São Francisco de Assis

Após percorrer um longo caminho, finalmente encontrei o meu destino, a Associação de Defesa dos Animais São Francisco de Assis (ADASFA). Localizada no Bairro Santa Maria, logo percebi que nem os próprios moradores da região sabiam direito explicar a sua localidade, fato que já me deixou intrigada. Além de imaginar algum lugar de acesso mais fácil, sobre o qual todos deviam saber da existência (estando eu como exceção), criei no meu imaginário algo próximo de lojinhas de animais que as pessoas visitavam e brigavam contra a própria vontade de levar um pra casa. O que soube ao chegar lá foi exatamente o oposto.
A idéia da Associação surgiu de uma maneira informal em 2004, a partir da iniciativa de Isabel Moura e Maria Antônia, fundadoras e desde então responsáveis pelo abrigo. Conhecidas de longa data por terem estudado juntas, Antônia criava gatos em casa e Izabel cachorros, grande parte que pegavam das ruas para cuidar e dar abrigo. Como o número dos animais era cada vez maior, resolveram as duas montar a Associação. Após arranjarem o espaço físico, cedido por um casal que também adorava animais e quiseram contribuir, elas iniciaram o árduo trabalho com os bichos.

adasfa2

Cães no canil da Associação

Na prática

Cães e gatos de todas as cores e tamanhos se dividem em canil e gatil. São entre 130 cachorros e 180 gatos, cada um com uma história de vida diferente. “Um dia encontrei um gato todo coberto de lama no canal aqui próximo. Tudo indica que havia sido atropelado. Depois de 3 dias entre a vida e a morte, ele começou a se recuperar e está com nós até hoje”, conta Antônia.
O que deveria ser um lar temporário é tratado pela própria população como uma espécie de depósito para seus animais domésticos quando estão velhos ou contraem alguma doença. Segundo ela, é comum abandonarem os bichos na porta do abrigo ou mesmo jogarem gatos através do muro. “O problema já começa pela falta de consciência da população, que se desfaz de seus animais muitas vezes sem motivo algum”, afirma. Além disso, lidam atualmente com aumento cada vez maior no número de animais, já que quase nenhum é procurado para adoção.

Manutenção e estrutura

Como não tem renda própria, a Associação se mantêm através de doações e de trabalhos

adasfa3

Giovana, uma das voluntárias da Adasfa

voluntários, como o dos veterinários que frequentam o ADASFA 2 vezes a cada semana e de mais 3 mulheres que se dedicam a isso. Giovana, que me recebeu na segunda vez que visitei, é uma delas. “Aqui nós fazemos o que está ao nosso alcance, todos nos dedicamos a cuidar dos animais da melhor forma possível”, afirma.
Antônia conta que o arrecadado de fato é pouco, mas que mesmo o pouco é melhor do que as condições em que muitos viviam pelas ruas. A estrutura física também tem as suas implicações, necessitando de reformas, que não sabem quando ocorrerá. Isso intensifica ainda mais as dificuldade pelas quais vem passando com os felinos, por exemplo, que contraíram uma virose, contaminando os que chegam sadios. “O necessário seria deixar os doentes em quarentena, mas a estrutura do abrigo não permite. E o pior é que essa virose pode matá-los.”, diz Antônia.

adasfa5

Os gatos do abrigo que estão sofrendo com uma virose que tem semelhanças com a gripe mas que pode levar os animais à morte

Outros projetos sociais semelhantes são desenvolvidos no Estado, como é o caso da Associação Sergipana de Proteção aos Animais (ASPA), também uma Instituição filantrópica sem fins lucrativos. Mesmo com os problemas da pouca visibilidade e cooperação da população, elas fazem da maneira que podem um grande diferencial, principalmente na vida desses bichos.
Quem desejar colaborar com a Associação pode doar alimentos (rações de cães e gatos), material de limpeza, acessórios (comedouros, bebedouros), jornais, papelão e medicamentos e materiais hospitalares (gases, luvas, seringas, soro) entrando em contato através do email contato@lardosbichos.com.br.

2 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Maria Antonia said, on 25/03/2010 at 11:23 pm

    Favor fazer alteração no endereço de contatos e doações da Associação Defensora dos Animais São Francisco de Assis (ADASFA)

    para: O site
    http://www.adasfa.com.br

    e o E-mail:
    adasfa-se@hotmail.com

    Um abraço e agradecimentos antecipados pela colaboração.

    Maria Antonia Oliveira Santos – Presidente da ADASFA

  2. Andréa Giansante said, on 03/06/2010 at 9:48 pm

    Gostaria de saber aonde se dá a localização do abrigo.Ouvi sobre ele em uma campanha no yázigi(onde estudo) e queria ajudar e visitar.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: