Técnica de Produção, Reportagem e Redação Jornalística

The Bubble: Uma emocionante bolha de amor

Posted in Crítica, Opinião by micheletavares on 04/02/2010

Do cineasta Eytan Fox, “The Bubble” narra a história de quatro jovens que buscam o amor em meio ao caos da guerra

Por Júnior Santos

Não tem como não gostar do filme “The Bubble”, seja pelo carisma dos atores, pela sutileza na qual é abordada a questão principal da película, é uma daquelas histórias que permanecem na mente por muito tempo. O cineasta Eytan Fox consegue narrar perfeitamente uma história de amor homossexual entre um palestino e um israelense.

O diretor Eytan Fox conta a estória de um amor em meio a guerra. Fonte: kaosgl.com

Nascido na cidade de Nova York em 21 de agosto de 1964, mas mudando-se para Israel com os pais quando tinha dois anos, Eytan Fox é um dos principais cineastas israelenses, e responsável por um dos filmes mais bem sucedidos da história do país, o Walk on Water (Caminhando sobre a Água). Gay assumido, Fox é reconhecido pela abordagem de temas polêmico, sobretudo envolvendo a homossexualidade, transformando a imagem e a representação social da comunidade GLBT local. Seu filme mais conhecido aqui no Brasil, onde já foi homenageado pelo Festival de Cinema Judaico em 2007, é “Delicada Relação”, onde narra a relação íntima de dois soldados que descobrem o homossexualismo.

Em uma das suas mais recentes produções, “The Bubble” (ou “A Bolha”), Eytan Fox relata os conflitos existentes entre árabes e judeus, através da vida de quatro jovens que buscam a felicidade e amor, apesar de viverem entre a guerra.

O filme se passa na cidade de Tel Aviv, mais conhecida como A Bolha, onde as pessoas procuram viver distante da realidade fria da guerra entre a Palestina e Israel. Três jovens israelenses, Noam (Ohad Knoller), Yelli (Alon Friedman) e Lulu (Daniela Virtzer), dividem um apartamento e levam uma vida normal, sem se preocupar com os conflitos do país. Porém, após Noam conhecer Ashraf (Yousef “Joe” Sweid), um palestino, e se apaixonar por ele, o destino desses quatros jovens acabam se entrelaçando e sendo mudado para sempre.

Apesar de não assumir uma visão sobre a guerra existente entre os dois países, o filme demonstra situações típicas enfrentadas pelas pessoas que moram na linha de combate entre Israel e Palestina, como o momento de humilhação pelos quais passam os palestinos ao atravessarem a fronteira, mostrado nas cenas iniciais. Porém, o que ganha destaque na história é amor homossexual entre os principais personagens, Noam e Ashraf, e as dificuldades enfrentadas para concretizar essa união, já que a família do segundo é totalmente homofóbica e tem um casamento arranjado para o rapaz.

"The Bubble" retrata o dilema cotidiano de quatro jovens. Fonte: nytheatre-wire.com

A trilha sonora também é outro ponto forte no filme, servido para amenizar a tensão existente por causa da guerra. Com músicas de Bebel Gilberto, e do roqueiro homossexual Ivri Lider, a descontração se faz presente.

Vencedor da Mostra Panorama do Festival de Berlim, como melhor filme pela opinão do público, e participante das seleções oficiais do Festival de Toronto de 2006 e do Festival de Tribeca, em 2007, The Bubble é uma ótima indicação para quem quer ver um bom filme relacionado a temática homossexual, sem fazer dela uma espetáculo. O grande problema é ser encontrado nas locadoras, mas o download na internet é fácil e prático de se fazer.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: