Técnica de Produção, Reportagem e Redação Jornalística

Depois da fama, o monstro

Posted in Cultura by micheletavares on 05/02/2010

Mais um CD, mais um sucesso

Por Etienne Fonseca

Lady Gaga vestida de morcego em apresentação da música Bad Romance. Foto: Site Contigo

A polêmica e extravagante Lady Gaga lançou oficialmente o seu segundo CD no dia 24 de novembro de 2009, intitulado The Fame Monster (O Monstro da Fama, em português). Mas já era possível ouvir todas as faixas do novo álbum bem antes dessa data, já que o trabalho da cantora vazou na net.  Na verdade, esse CD  não é considerado o segundo álbum da Gaga e sim uma reedição do The Fame(A Fama, em português), o seu primeiro trabalho, já que, fora as músicas já conhecidas pelos fãs,  são apresentadas apenas 8 músicas inéditas.

O estilo que a Lady Gaga seguiu na produção desse novo CD é muito diferente daquele utilizado no seu antigo trabalho. O The Fame Monster trás músicas mais lentas, com letras mais românticas, às vezes tristes. A cantora faz uma reflexão sobre romances não correspondidos, sobre namorados, fala um pouco sobre o seu lado bissexual.  Essas experiências são narradas ao som de um ritmo pop que lembra muito as músicas dance do final dos anos 80 e início dos anos 90, como em So happy I could Die ou em Dance in the dark. Lady Gaga também trabalha com elementos da música country em Teeth e mostra a sua potencia vocal em Speechless, canção em que as batidas eletrônicas ficam em segundo plano.

A cantora chama a atenção pelo estilo extravagante de se vestir. Foto: Site da MTV.

O carro-chefe do The Fame Monster é a canção Bad Romance, que já bateu recordes de execução em todo o mundo, inclusive no Brasil. Segundo a Billboard, a música foi tocada mais de 10.859 vezes em apenas uma semana nas rádios dos Estados Unidos. Essa é a canção que mais se aproxima do primeiro trabalho da cantora, por ter batidas mais fortes e aceleradas,  diferindo das demais músicas apresentadas no The Fame Monster.

O Monstro da Fama trás ao público um lado pouco explorado pela cantora. Até então, as letras de suas músicas mostravam uma Gaga auto-confiante e debochada, como em Poker Face ou em Love Game. Nessa segunda fase, as músicas da cantora estão mais maduras, mais realistas, beirando ao pessimismo. Gaga apresenta a sua visão de mundo a partir de uma nova perspectiva, nada mais natural, já que ela passou do anonimato ao sucesso mundial no seu CD de estréia. Só resta saber se os seus admiradores vão aprovar a mudança.

Capa do CD The Fame Monster. Foto: Divulgação

O clipe de Bad Romance

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: