Técnica de Produção, Reportagem e Redação Jornalística

Fracasso que fez sucesso

Posted in Crítica, Música by micheletavares on 15/07/2010

Novo clip é visto mais de 300 mil vezes  em duas semanas

Por Daniel Nascimento
Foto: Caroline Bittencourt/Divulgação

Foto: Caroline Bittencourt/Divulgação

No ultimo dia 15, a Banda Pitty lançou sou mais novo clipe. A música “Fracasso” foi a segunda do CD Chiaroescuro a ganhar um videoclipe. O lançamento ocorreu durante o programa Acesso MTV e simultaneamente na internet.

Priscilla Novaes Leone, mais conhecida como Pitty, já ganhou diversos prêmios. A roqueira baiana é a vocalista da banda que leva seu nome e já foi varias vezes considerada dona da melhor voz feminina da música nacional. Na estante dela encontraríamos com facilidade prêmios como o Vídeo Music Brasil (VMB) da MTV e o Prêmio Multishow de Música Brasileira. E quem acha que ela é só mais uma bandazinha da MTV e que logo sairá de cena engana-se. A cantora figura nas paradas desde o lançamento de Admirável Chip Novo, seu primeiro CD com este grupo.

‘Fracasso’ é uma música dicotômica. Ela trás uma análise do sucesso exterior e do fracasso interior. Talvez pelo tema que trata, a fustração na busca pela felicidade, essa é uma das músicas mais pesadas do disco, um tipico Rock daqueles que você não cansa escutar. Os arranjos da guitarra, baixo e bateria são contagiantes. A sexta música do Chiaroescuro é empolgante e dá uma vontade de pular e “bater cabeça”, bem diferente do primeiro single, ‘Me Adora’, baladinha um tanto pop onde a cantora canta um relacionamento fracasso e pede que só não desonre o seu nome e se autointitula “Foda”, e da faixa seguinte do disco, ‘Só Agora’, que é quase uma canção de ninar, para não dizer que é uma de fato.

O disco produzido pela Deckdisc foi um dos mais esperados, isso se deve aos fatos de que  fazia tempo que Pitty não lançava nada novo e de, durante a produção, a vocalista ter divulgado videos e fotos dos bastidores em seu blog. Algum tempo depois do lançamento do CD a gravadora e cantora, em sua página na ferramenta de microblog Twitter, divulgaram que o Chiaroescuro seria relançado em vinil, acompanhado por alguns outros discos de algumas bandas.

O clipe, que não chega a ser nenhuma superprodução, foi dirigido por Oscar Rodrigues Alves e Paulo Vainer. A fotografia é um tanto peculiar, como qualquer coisa da videografia de Pitty deve ser. Bem mais sombrio que o de costume, o vídeo trás a cantora como personagem principal. Muita gente viu uma desconstrução da diva interpretada pela

roqueira. Mas uma análise da fotografia do vídeo comparada com uma da letra mostra que não é simples assim.

Os flashes dos músicos cantando somados ao efeito do lightpainting dão uma atmosfera bem mais intimista e ressaltam a ideia de desordem mental/sentimental. Para um olhar mais desatento os músicos são quase invisiveis. Nas vezes em que aparecem a imaem está escura e o olhar se detem no esfeitos de luz e/ou nos instrumentos em destaque . Talvez por ter seu trabalho destruído no clipe, o maquiador aparece nos últimos segundos do vídeo.

A dupla de diretores soube majestosamente mostrar as “versões” da mesma pessoa. Conforme o fracasso interno cresce a personagem glamourosa some. O processo é mostrado pela maquiagem que vai sendo borrada ao longo dos 3 minutos e 38 segundos.

No inicio do clipe Pitty se apresenta como uma ‘diva’, pegando o termo emprestado de muita das criticas ao vidateo. Conforme a angustia interna dela por não ter êxito pessoal cresce sua imagem interna vai se desconstruindo, ao poto de no ápice estar toda descabelada, com a maquiagem borrada e a roupa rasgada. Mas no fim, depois de se desconstruir quase toda e acabar com o trabalho de sabe-se lá quanto tempo de um maquiador, há uma reviravolta e o alter ego da personagem se mostra alegre  e extrovertido.

Para diferenciar a diva glamourosa da mulher fracassada basta prestar atenção a pequenos detalhes, como o canto. Nos momentos em que Pitty interpreta “sua versão interior” não está cantando. E também ha cenas em que as duas se fundem, é como se fosse auma externação do fracasso pessoal sobre a vida profissional e social. Mas antes que alguém comece pensar que a cantora está se sentindo fracassada, essa é uma sensação comum, mesmo que temporária, em todos os humanos.

O vídeo publicado no YouTube já teve mais de 300 mil exibições e recebeu quase 2 mil comentários em duas semanas. Isso é mais do que prova que eles acertaram e  agradaram. E ainda tem gente que acha que só superproduções estrangeiras, para ser mais preciso, norte americanas, têm boa qualidade. E essa é só mais uma das boas produções nacionais que os brasileiros tendiam à desprestigiar.

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. Marcilane Santos said, on 15/07/2010 at 1:32 am

    É isso aí! Pitty e todos que a acompanham fazem um ótimo trabalho. O clipe Fracasso foi muito bem feito, merece todos os elogios possíveis!😀 Pitty na cabeça e no ♥! Bjo*


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: