Técnica de Produção, Reportagem e Redação Jornalística

Sergipe voando alto nos esportes radicais

Posted in Esporte by micheletavares on 26/10/2010

Novo ponto do voo livre é a mais nova atração no Morro do Urubu.

Por Osmar Rios

Aracaju possui agora uma rampa urbana destinada aos amantes dos esportes radicais, principalmente, os adeptos ao voo livre. Localizada na Zona Norte da cidade, mais precisamente no Morro do Urubu, dentro do Parque da Cidade,  a cinco minutos do centro da capital. O Parque abrange uma área de 674 mil metros quadrados e, abrange a única reserva de Mata Atlântica na cidade. Portanto, a partir de agora os apreciadores desse tipo de esporte podem praticá-lo aqui mesmo no estado, não mais sendo necessário viajar a região Sul ou Sudeste do país. O clube responsável pela rampa é a Associação Sergipana de Voo Livre (ASVL), que possui uma excelente equipe de instrutores. O aventureiro além de praticar duas modalidades de esportes radicais, o voo livre e o parapente, vai se deslumbrar com um visual fantástico que não há outra maneira de vê-lo a não ser do alto.

A asa delta surgiu logo após a Segunda Guerra Mundial, em 1951. Já o parapente, nasce com a velasa, em 1965. No final do ano de 1975, foi fundada a Associação Brasileira de Voo Livre. A prática desse tipo de esporte aqui em Sergipe começou na década de 1980. Um grupo de amigos conheceu um instrutor de asa delta, aqui em Aracaju, e foram apresentar-lhe o Morro do Urubu. O instrutor ficou fascinado com a visita e falou que seria um ótimo lugar para voar, embora todos achassem que era uma brincadeira do instrutor.

No dia seguinte, marcaram e foram conhecer a asa delta lá no Morro. Chegando ao ambiente, a asa já estava montada e pronta para voar. Os amigos então experimentaram a asa e ficaram fascinados com o esporte. Tiveram aulas, compraram equipamentos e assim começou a história desse esporte aqui no Estado. O voo livre trouxe todos os benefícios que um esporte traz aos seus praticantes e com um ponto em destaque: trabalhar a cabeça para conseguir um determinado objetivo em sua vida.

O instrutor e praticante de paramotor, asa delta e parapente, Artur Figueiredo, fala um pouco sobre o pré-requisito básico para iniciar no mundo dos esportes radicais: “Antes de qualquer coisa, uma pessoa que gosta de esportes radicais não é um louco que quer se matar! O perfil do esportista radical é de uma pessoa que gosta de desafios, que quer conhecer a si mesmo, superar seus limites. Alguém que sente prazer em ficar no limite, sentir emoção, adrenalina. Ou seja, uma pessoa que gosta de conhecer seu corpo e testar seus limites.” É importante lembrar que por ter esse lado físico e mental, a pessoa que deseja praticar o esporte tem que ter um preparo físico e ser objetivo. “Não pode cristalizar”, segundo o instrutor, é assim denominado quando uma pessoa deixou de fazer uma ação.

O estudante de comunicação social da Universidade Federal de Sergipe (UFS), Joseílton Bispo, é apaixonado por esportes radicais e foi um dos primeiros a experimentar essa nova rampa. “Foi uma experiência muito boa, é uma grande sensação de liberdade”, disse. Além da prática do voo livre, ele também curte o rapel e a escalada. Segundo o estudante, os esportes radicais são os mais empolgantes na prática. “É uma adrenalina fora do comum. É como se você tivesse ‘superpoderes’, e então você pode voar, escalar, tal quais os nossos heróis de gibi”, complementou.

Os esportes praticados nas alturas necessitam de uma atenção especial. Bons equipamentos e uma checagem milimétrica antes da prática são essenciais para que não haja problema durante o vôo, e assim, gerar consequências sérias ao praticante. A manutenção preventiva é como uma “lei” aos esportistas, já que o seu equipamento não pode quebrar durante a prática.

Artur, também revela lugares aqui no Estado que possui condições necessárias para essa prática: “Existem três sítios de voo em Sergipe. Além do Morro do Urubu, em Aracaju – onde se encontra uma das poucas rampas urbanas do Brasil – a Serra Comprida, continuação da Serra de Itabaiana, e a Serra do Machado, localizada no município de Moita Bonita, completam essa tríade”.

Por um lado, a asa delta é um tipo de aeronave composta por tubos de alumínio, que proporcionam a sua rigidez estrutural, e uma vela feita de tecidos, que funciona como superfície que sofre forças aerodinâmicas, proporcionando a sustentação da aeronave no ar. A origem deste nome, asa delta, deu-se pela semelhança da letra grega, que tem forma de triângulo, com o fortado da asa desta aeronave. Por outro lado, o parapente (paraglider em inglês) é um aeroplano (aeronave mais pesada do que o ar), em cuja asa (inflável e semelhante a um pára-quedas, que não apresenta estrutura rígida) são suspensos por linhas o piloto e possíveis passageiros.

De acordo com o instrutor, não há um “mais fácil de voar” do que o outro. Ele diz que no caso do parapente é mais lento, pois a pessoa voa sentada e necessita de pouco vento para voar, já a asa delta necessita de um vento mais forte e o esportista voa deitado. O único problema encontrado é com relação ao equipamento. O preço é alto para os padrões brasileiros. Existem equipamentos já usados, mas nem sempre é a melhor saída. Se você tiver condições o ideal mesmo é investir e um bom equipamento. Depois é só aparecer em um dos pontos citados pelo instrutor Artur e boa diversão.

16 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Rafaela said, on 27/10/2010 at 1:49 am

    Adorei a matéria, nem sabia que existia este tipo de esporte sendo praticado por aqui. O bom da divulgação, como nesse caso, é que as pessoas que ao menos tem curiosidade em saber como é podem experimentar e aqueles que gostam têm um grupo de amigos para a prática.
    😉

  2. André Ferreira said, on 28/10/2010 at 2:52 pm

    Boa Materia ! Não sabia que estava sendo praticado esse esporte aqui no estado !
    A materia esta ótima.
    Parabéns ae ! =]

  3. Fernanda said, on 28/10/2010 at 3:39 pm

    No quesito informação está bom, mas a escrita ficou devendo um pouco. Contudo, você está começando agora. Bom começo!

  4. Vera said, on 28/10/2010 at 7:41 pm

    Parabéns, vc escreve muito bem, a sua matéria está ótima! Você está no caminho certo, tenho orgulho de você!

  5. Pritxe said, on 28/10/2010 at 10:02 pm

    Futuro William Bonner[:
    sabe que eu confio no seu potencial!
    a matéria ficou ótima[;
    e tbm não sabia que a asa delta era praticada aqui;O
    bora? o/
    hasuhuasa[:

  6. clara said, on 28/10/2010 at 11:23 pm

    A matéria foi excelente! Precisamos que se divulgue mais os esportes em geral, melhor ainda esportes radicais. Parabéns e sucesso. Beijos

  7. Lorena de Sá said, on 29/10/2010 at 1:14 am

    Parabéns pela matéria, gostei muito do título!
    Sucesso!

  8. Rodrigo said, on 29/10/2010 at 1:28 pm

    Muito massa a matéria, parabens.

  9. illton Bispo said, on 29/10/2010 at 2:59 pm

    Muito bacana sua matéria, pois é bastante esclarecedora e informativa. Agora a galera que curte esportes radicais, já sabe onde praticar. Falw,blz!!

  10. thalita said, on 30/10/2010 at 12:11 am

    Perfeito , vai ter futuro viu Osmar !!

  11. Lídia said, on 30/10/2010 at 10:23 pm

    Parabéns Osmar! Como sempre brilhante!😀
    Ótimo texto!

  12. millena said, on 31/10/2010 at 1:31 am

    parabéns adorei a sua reportagem

  13. Isadora said, on 31/10/2010 at 4:54 pm

    Adorei a materia , tbm nao sabia desse esporte aqui em sergipe/
    parabeens ai pela conquista =)

  14. jhony said, on 01/11/2010 at 9:31 pm

    ta massa veyyyyyyy legauuuu

  15. will said, on 02/11/2010 at 2:40 pm

    tem futuro esse garoto!

  16. Yasmin said, on 04/11/2010 at 6:26 pm

    Ótima notícia!! A matéria está muito bem escrita, parabéns!!! Saber que existe a opção de uma aventura como essa faz toda a diferença na hora de programar uma viagem, adorei!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: