Técnica de Produção, Reportagem e Redação Jornalística

Comunidade Canção Nova

Posted in Comunidade e extensão by micheletavares on 10/12/2010

“Evangelizar através dos meios de comunicação, 24h por dia, sem propagandas comerciais, dependendo única e exclusivamente da providência de Deus manifestada pelas doações generosas do povo brasileiro.”

Por Luiza Cazumbá

Claudia Lima em Programa ao Vivo Sou da Família

Foto: Luiza Cazumbá

A comunidade Canção Nova teve início no dia 2 de fevereiro de 1978, idealizada pelo monsenhor Jonas Abib, no município de Cachoeira Paulista em São Paulo. Hoje o local conta com cerca de 370 mil m², onde fica o Centro de Evangelização Dom João Hipólito de Moraes (para 70 mil pessoas); o Rincão do Meu Senhor (para 4 mil pessoas); e o Auditório São Paulo (para 700 pessoas). Além de capelas; posto médico; escola; restaurante; padaria; postos bancários; lojas de artigos religiosos; pousada; área de camping e, no entorno, prédios administrativos e obras sociais. A sede em Aracaju
 teve início com a compra da estação geradora de televisão em 1997 da senadora Maria do Carmo Nascimento Alves, proprietária de um canal de TV aberta em Aracaju. Constituída por membros das mais diversas atividades sociais, o grupo religioso Comunidade Canção Nova, que tem como missão realizar evangelização pelos meios de comunicação vem modificando de sobremaneira as atividades religiosas tradicionais, arrastando adeptos por todo país. Claudia Lima inicia sua caminhada em 97 em sua cidade Vitória da Conquista- BA, passando de simples voluntária para representante do departamento de eventos e frente da Missão da Canção Nova em Aracaju, uma pessoa bastante ocupada, mas simpática, ela nos concede esta entrevistada com permissão da casa “mãe” assim por ela denominada, situada em Cachoeira Paulista no estado de São Paulo e nos fala sobre a formação da sede regional em Sergipe, do seu chamado para membro deste grupo, defende as idéias da comunidade Casa Canção Nova e do sustento de uma emissora de televisão.

 

 Como se deu a formação da sede regional da canção Nova em Sergipe?

A missão Canção Nova de Aracaju teve início com a compra da estação geradora de televisão, em agosto de 1997. No primeiro momento, a Senadora de Sergipe, Maria do Carmo Nascimento Alves, proprietária de um canal de TV aberta em Aracaju, procurou o arcebispo Dom Jose Palmeira Lessa para oferecer a venda sua geradora que exibia no estado a programação da Rede Bandeirante. Ao tomar conhecimento dessa oferta, o Frei Hans Stapel, fundador da Fazenda Esperança, foi procurado por dom Lessa e, em um programa na TV Cultura onde a Canção Nova já apresentava programas com o Pe. Jonas, fundador da Comunidade Canção Nova, surgiu o assunto de uma geradora de TV que estava à venda em Aracaju. O Frei já havia oferecido a vários Movimentos da Igreja, mas não houve interessados devido à falta de recursos financeiros.
Passados dois dias, num domingo, depois de um acampamento, Dom José Palmeira Lessa, Arcebispo de Aracaju – SE, telefonou para o Mons. Jonas para lhe falar da mesma Geradora de TV. Nosso Fundador pensou logo que o Frei Hans havia conversado com o Bispo. Havia disposição, o que faltava era dinheiro… Mas para D. Lessa, “O Pai do Céu tem o capital, se o Pai do Céu quiser que esta televisão seja do Filho d’Ele não faltaria dinheiro; teríamos apenas que encontrar o caminho para juntos buscar este recurso”.
Seria um sinal? Deus estaria naquelas coincidências, pois Frei Hans e D. Lessa usaram praticamente as mesmas palavras, diante do questionamento do Mons. Jonas… que antes profetizava que Deus daria uma geradora para Canção Nova.

Dom Lessa e Monsenhor Jonas marcaram então uma data para um encontro, para uma possível negociação. Segundo a ex-proprietária da TV Jornal de Aracaju-SE, a história da compra da emissora é um milagre conseguido por Nossa Senhora, que teve a participação do Frei Hans e coragem e ousadia do Mons. Jonas.

A Receita financeira da Fundação João Paulo II naquela época beirava os 200.000,00 por mês. A proprietária queria vender para nós, pois sabia que a TV, nas mãos da Canção Nova, contribuiria com uma sociedade melhor e mais justa.
Ela pediu para que Eto, vice-presidente da FJPII, fizesse uma proposta, e ele inspirado pelo Espírito Santo, diante da realidade financeira da Fundação junto com Monsenhor Jonas disse que só poderia comprar pagando em 24 prestações. Já era uma loucura para quem tinha uma pequena receita como a nossa para manter todo sistema! A senadora pediu pelo menos um sinal de R$ 500.000,00. E foi ai, que por interseção de Nossa Senhora a negociação chegou ao monsenhor Carvalho, diretor do colégio Arquidiocesano de Aracaju. Ele prontamente atendeu ao pedido do monsenhor Jonas e concedeu um empréstimo nesse valor, para ser pago também a prestação. Foi um momento de muita emoção para todos os que estavam ali. Logo o Mons. Jonas, Eto e Luzia Santiago, co-fundadora da Com. Canção Nova reuniram todos da Comunidade para dar a notícia da compra da geradora e para nos comunicar do desafio que teríamos daqui pra frente. Do empenho necessário de toda a Comunidade para pagar as 24 prestações da compra e do empréstimo.

Quando você sentiu que tinha este tipo de vocação religiosa?

Conheci a Canção Nova em minha cidade, Vitória da Conqusita-Ba no final do ano de 97, e tempos depois já me engajaram como voluntária e em seguida comecei meu caminho vocacional. Na verdade tudo começou por curiosidade, e partir de então, fui tendo o desejo de ser totalmente de Deus de forma diferente, pois fui me sentindo atraída pelo carisma Canção Nova.

 Que tipo de méritos ou glórias você vislumbras alcançar enquanto membro da Canção Nova?

Hoje sou Responsável pelo Departamento de Eventos e pela Frente de Missão Canção Nova em Aracaju e agora seguirei minha missão em Cachoeira Paulista para onde serei transferida.

Você já sofreu algum preconceito (familiar, trabalhista, vicinal) por ser membro da Canção Nova?

Não sei se essa é bem a palavra, mas no início de minha caminhada, o meu pai falava que se fosse para eu entrar na Canção Nova e ser sustentada por ele, era melhor não ir. Mas isso foi por pouco tempo, pois na verdade ele não conhecia, e a partir de que passou a conhecer a Canção Nova, e perceber o que Deus estava fazendo em mim  através dela, passou a olhar com outros olhos.

 Você já participou de outra organização religiosa?

Não. Tive minha experiência com Deus através da Canção Nova e nela ingressei.

Qual o grau de autonomia da sede regional em relação à sede nacional?

Somos dependente e ao mesmo tempo independente financeiramente, pois em Aracaju está a 1ª geradora da Canção Nova, e televisão é muito cara, existem situações  que dependem da casa mãe, porém a frente de missão também precisa se manter.

 Como se dá a atuação da Canção Nova na comunidade circunvizinha à sede?

Aconselhamos as pessoas no SOS Oração, prestando uma assistência de acordo o necessitado,tanto espiritual como humanitáario. Se tratando de TV, em algumas cidades circunvizinhas, em relação ao apostolado, em cidades próximas, mas também em outros estados.

Qual o caráter religioso das atividades desempenhadas pela sede regional da Canção nova?

Temos um “RINCÃO”, espaço onde promovemos encontros grandes e menores durante o mês, assim como atividades diariamente em nossas capelas. Na televisão, existe uma programação de programas gravados e ao VIVO e interativo.

Quais os principais focos de atuação da sede regional em relação às diretrizes eclesiásticas mais gerais (vindas diretamente do Vaticano, por exemplo)?

A Canção Nova é Igreja, e o nosso papel também é divulgar o que acontece em nossa Igreja mundial e também regional- em Aracaju, temos esse papel, de divulgar o que acontece na Igreja local, não deixando de viver as diretrizes eclesiásticas, pois estamos em unidade com a arquidiocese, com a Igreja.

 O que diferencia – e destaca – a Canção Nova em relação a outras correntes de difusão católica?

Cada comunidade tem seu carisma, e o  Canção Nova é levar a pessoa a ter um Encontro Pessoa com Jesus. Cada TV seu seguimento, o da Canção Nova é Promover a Vida.

Onde você acha que os objetivos da comunidade ainda estão defasados?

Não diria defasado, mas estamos num crescente progresso em relação à digitalização.

Como a comunidade Canção Nova se manifesta em relação a temas-tabu como aborto, homossexualismo, etc.?

Posicionamo-nos como nos redireciona a Santa Igreja. Somos a favor da vida

Qual o maior desafio para o trabalho da evangelização?

Levar todos os Aracajuanos a ter um contato com Jesus, pois existe a TV Canção Nova, mas nem todos assistem.

É muito caro manter uma emissora de TV no ar, por exemplo. Como a sede regional obtém valores monetários sustentaculares?

Manteruma emissora de  televisão é muito caro, e não só em Aracaju, mas todo o sistema Canção Nova de Comunicação é mantido pela generosidade dos sócios evangelizadores.

 Sabendo que esta entrevista será lida tanto por católicos quanto por pessoas avessas ao tipo de atividade desenvolvida pela Canção Nova, que mensagem pessoal tu deixarias enquanto justificativa para que estes leitores se dispusessem a conhecer mais de perto o tipo de trabalho de evangelização que vocês realizam?

Procurai em primeiro lugar o Reino de Deus, e tudo virá por acréscimo.

 

 

3 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Wesley PC> said, on 12/12/2010 at 7:40 pm

    Não somente a condução da entrevista me impressionou sobremaneira, Luíza (obrigado pelo respeito à pauta), como a sensatez responsiva da entrevistada me pareceu igualmente bem-sucedida. Ótima matéria, bem melhor do que eu esperava quando idealizei a pauta, parabéns!

    WPC>

  2. Luiza Cazumbá said, on 13/12/2010 at 1:13 am

    Fico Feliz de ter cumprido bem a pauta.Obrigada pelo comentário.

  3. Roberto Aguiar said, on 19/12/2010 at 11:11 am

    Parabéns Cazumbá
    ficou muito boa mesmo a sua entrevista.
    Bjãooo000
    continue nesse rumo que vc vai longe
    !!!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: