Técnica de Produção, Reportagem e Redação Jornalística

Casa nova, vida nova!

Posted in Perfil, Uncategorized by micheletavares on 14/12/2010

Por: Fernanda Matos

“Pode entrar, a casa é sua”.

Foto: Cesar de Oliveira / Divulgação

 

 

Quantos casarões, casebres e residências foram construídas em Sergipe no século XIX? Muitos. Dezenas. Centenas. Milhares e até milhões. No meio de tantas construções datadas dessa época eis que uma chama a atenção das pessoas, pelo seu estilo eclético, de influência neoclássica, pela originalidade de todas as suas paredes, construídas em pedra e cal (da Cotinguiba) e pela importância história, política, cultural e arquitetônica que abriga para nosso querido estado de Sergipe. É uma beleza de casa. Quer dizer, de palácio.

Era o casarão que mais despertara a atenção da sociedade, pela beleza e originalidade da sua construção. Uma verdadeira referência da nossa história, inaugurada em definitivo, somente em 1863.

De imensurável importância histórica, já que, até meados da década de 90, funcionara como sede do Governo do Estado e residência de muitos governantes como os ilustres Albano Franco, João Alves Filho, Seixas Dória, Paulo Barreto e o atual senador Antônio Carlos Valadares, o local foi idealizado na época do Brasil Império, em 1856. O “Palácio Provincial” , como fora intitulado inicialmente, foi construído, entre as praças Fausto Cardoso, Almirante Barroso e Olímpio Campos (Parque Teófilo Dantas), local onde posteriormente foram herguidos vários edifícios públicos a exemplo dos prédios da Assembléia Legislativa e da Prefeitura.  

No início do século XX, a construção passou por uma grande reforma, que alterou significativamente a sua fachada e seu interior. Essa reforma foi iniciada no governo do General Oliveira Valadão e concluída na gestão do Marechal Pereira Lobo, em 1920, época da comemoração do 1º Centenário de Emancipação Política de Sergipe.

 Cento e quarenta e sete anos depois de sua inauguração o palácio foi agraciado novamente com outra importante reforma que preservou a originalidade da obra e da memória sergipana e foi definida por um dos seus ex-moradores como “uma preservação total daquilo que foi concebido de forma original pela inteligência e brilhantismo de nossos engenheiros e arquitetos do passado”, ressaltou, Antônio Carlos Valadares, último a residir no local.

Durante a cerimônia de reinauguração do espaço, o governador Marcelo Déda afirmou que “não há nada mais próprio de dizer ao povo de Sergipe do que aquela frase tradicional: ‘Pode entrar, a casa é sua’”.

 Além da recuperação do imóvel, o local também teve a estrutura física, os elementos artísticos presentes no casarão e os bens móveis restaurados e teve a fachada reformada. A obra resgatou a identidade histórica do palácio e deu uma nova funcionalidade às suas áreas administrativas.

Assim, com um ambiente totalmente renovado, o casarão ganhou áreas de acesso público, que contam a sua história política e cultural e passou a funcionar como museu, a fim de compartilhar com sergipanos e visitantes uma parte da riqueza da história política de Sergipe como o gabinete do governador, o salão nobre e os espaços que já serviram como residência de governadores sergipanos e de seus familiares.

Para o governador “o palácio vai funcionar como museu para que todos os sergipanos possam conhecê-lo e aprender com ele. Para que os jovens, estudantes, possam visitar as suas salas, os seus quartos, os seus gabinetes, e buscar ali a essência da história política de Sergipe”.

“Palácio Olímpio Campos”, esse é o nome do nosso importante casarão, uma homenagem ao jornalista, professor e sacerdote Monsenhor Olympio de Souza Campos que atualmente, após reforma e restauração, recebeu uma nova denominação, passando a ser chamado por “Palácio-Museu Olímpio Campos”.  A mais bela casa do povo sergipano.

FONTE: http://www.palacioolimpiocampos.se.gov.br.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: