Técnica de Produção, Reportagem e Redação Jornalística

O Gigante Voltou!

Posted in Perfil by micheletavares on 15/12/2010

Nascido em 1º de janeiro de 1931, essa criança que se aproxima do octogésimo aniversário tem marcada em sua história inúmeras glórias, alguns deslizes, mas, com certeza, muitas emoções.

Por: Iargo Souza

Escudo do Esporte Clube Bahia.

O Esporte Clube Bahia surgiu da iniciativa de atletas de dois clubes baianos (Associação Atlética Baiana e Clube Baiano de Tênis) e a partir daí iniciou sua trajetória nos campos tornando-se o time mais popular do Norte e Nordeste do país.

Dentre suas conquistas destacam-se o Título da Taça Brasil de 1959 (precursora do campeonato brasileiro) vencendo o Santos de Pelé e obtendo o direito de ser o primeiro time brasileiro a disputar a Taça Libertadores da América. Em 1988 acontece a maior conquista do Tricolor Baiano, o Título de Campeão Brasileiro de futebol, alcançado sobre o Internacional de Porto Alegre, grande favorito. Além de dois títulos nacionais o Bahia pode exibir em sua galeria de troféus 43 estaduais, um número impressionante se comparado ao seu maior rival o Vitória que detém 26.

Sem dúvida um gigante, no entanto, o maior mérito do Tricolor de Aço, como é popularmente conhecido, não são suas taças nem títulos, o motivo pelo qual o Bahia deve mesmo se orgulhar é sua imensa e apaixonada torcida, que acompanha o time em todas as situações. Realmente um casamento de “na alegria e na tristeza, na saúde e na doença”. A prova disso foi a queda do time para Série B em 2003, e em 2005 para a Série C, saindo desta em 2007 com a maior média de público de todas as séries do Brasil. Neste mesmo ano ocorreu uma tragédia que acabou na morte de sete torcedores com o desabamento do anel superior da Fonte Nova. Com a interdição do estádio o Bahia é forçado a sair de Salvador e se afastar da torcida, em 2008 passa a jogar na cidade de Feira de Santana no Joia da Princesa, e mais uma vez permanece na divisão intermediária. No ano de 2009 de volta a Salvador, no reformado estádio Roberto Santos (Pituaçu), o tricolor baiano tenta, mais uma vez sem sucesso, retornar a elite.

2010, essa era a hora, o grande momento havia chegado, as ruas de Salvador, da Bahia e também de todo o Brasil foram arrebatadas por uma onda tricolor. O azul, vermelho e branco invadiram os estádios do país inteiro, os torcedores estavam lá e queriam mais do que nunca a volta do “Baêa” a Série A do brasileirão. “Esse ano tem que subir de qualquer jeito, é obrigação”, afirma o torcedor Yago Santos, e ele não era único com esse sentimento, por toda parte os torcedores manifestavam-se em uníssono: “vamos subir esquadrão”.

Pituaçu em Salvador foi o caldeirão da torcida e palco onde os jogadores deram um show a parte. Lutaram todo o tempo, foram verdadeiros guerreiros, um esquadrão, “O Esquadrão de Aço”. Então do dia 13 de novembro, após sete anos de luta, depois da vitória de 3 a 0 sobre a Portuguesa , o Bahia garante o acesso à primeira divisão do Campeonato Brasileiro e a torcida que, como diz o hino do time, é invencível em vibração, pôde soltar o grito que há muito tempo incomodava a garganta: O TRICOLOR VOLTOU!

Torcida comemora o acesso do Bahia à Série A. Foto: disponível em: http://www.esporteclubebahia.com.br/galeria_detalhe.asp?cod=306

 

 

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. Thaís said, on 15/12/2010 at 4:09 pm

    Bora Baêa!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: