Técnica de Produção, Reportagem e Redação Jornalística

TIRIRICA: de Florentina a Deputado Federal mais votado nas Eleições 2010

Posted in Uncategorized by micheletavares on 15/12/2010

Por: Cleanderson Santana.

O palhaço tiririca, da Florentina e de todos os brasileiro (Foto: http://www.google.com.br)

Em uma família muito humilde, da cidade de Itapipoca no interior do Ceará, no dia 1° de Maio de 1965 nascia Francisco Everaldo Oliveira Silva, esse é o nome de um dos palhaços mais engraçados e polêmicos de todos os tempos no Brasil. Cantor, compositor, humorista e recentemente eleito o Deputado Federal mais votado em todo o Brasil nas eleições de 2010.
Ainda na infância, por ter um temperamento muito forte, sua mãe lhe daria o apelido que o ajudaria a criar sua identidade artística, foi graças a ela que o Francisco Everaldo passaria a ser o famoso “Tiririca.”
Aos oito anos de idade começou a trabalhar como palhaço em um circo na sua cidade, nessa época, agora já Tiririca, se apresentava em uma espécie de barraca –  ou os tão famosos no Nordeste “Tomara que não chova” – Com o passar dos anos, tiririca foi ficando muito famoso no nordeste inteiro, com isso, os donos dos circos onde ele se apresentava se reuniram e juntos pagaram as primeira mil cópias do seu primeiro CD, “Florentina”.
Em 1996, o Tiririca apenas conhecido no Nordeste se tornaria uma celebridade nacional, o seu 1° CD vendeu mais de 1,5 milhões de cópias, isso graças a exaustivas execuções nas rádios da sua música, de refrão bastante pegajoso, Florentina. Inicialmente foi distribuída nas regiões de juazeiro e Pernambuco, mas logo se tornaria conhecida nacionalmente. A gravadora Sony Music, acreditando no potencial e no carisma do palhaço Tiririca, comprou o disco e o lançou para todo o Brasil, era só o que faltava para impulsionar a carreira desse palhaço do interior do Ceará.  Batendo recorde de audiência durante apresentações em programas televisivos, sua música tocando incansavelmente nas rádios do país, era mais do que ele poderia sonhar.
Logo no seu primeiro CD, Tiririca já chegou causando muita polêmica, graças a canção “Veja os cabelos dela” considerado por muitos como uma música de conteúdo racista.

“Parece bom-bril, de ariá panela
Parece bom-bril, de ariá panela
Quando ela passa, me chama atenção
Mas os seus cabelos, não tem jeito não
A sua caatinga quase me desmaiou
Olha eu não aguento, é grande o seu fedor”

Como ser uma pessoa famosa tem suas conseqüências, Tiririca foi processado por racismo, seus discos foram apreendidos a execução das músicas pelas rádios foi proibida, mas ele conseguiu ser absolvido.
Em 1997 lança seu segundo Cd, com destaque para a música “Ele é corno, mas é meu amigo”, novamente repetiu o sucesso do seu primeiro CD e o fez permanecer na mídia por mais tempo. Em 1999, depois de um breve afastamento da mídia por problemas pessoais, ele ressurge com o seu 3° CD (Dança da República), agora não mais lançado pela Sony, e sim por uma gravadora independente. No mesmo ano ele foi contratado pela Rede Record, para trabalhar em um programa humorístico chamado “Escolinha do barulho” aonde ele seria apenas ele mesmo, o Tiririca. Passou pela Rede Manchete, pelo SBT, onde tinha um quadro fixo no programa “A praça é nossa”. Atualmente ele faz parte do elenco do programa Show do Tom, na Rede Record.
” O Tiririca é uma ótima pessoa, e há muito tempo é meu amigo. Claro que o meu voto é dele. ”- Tom Cavalcante
Criador de muitas polêmicas, meio que sem querer querendo e foi assim que no ano de 2010, ele criaria a maior de todas as polêmicas envolvendo seu nome quando foi anunciado que ele se lançaria candidato a Deputado Federal pelo Estado de São Paulo por meio do Partido da República.
Muitos não acreditaram que ele pudesse vir a vencer uma eleição, principalmente ao assistir o horário político onde lá estava o palhaço Tiririca, fazendo suas palhaçadas, brincando com coisa séria. Mas a verdade é que com o seu slogan “2222, vote em Tiririca, pior do que tá não fica”, no dia 3 de Outubro de 2010 foi oficializado, o palhaço Tiririca ganhara as eleições pelo Estado de São Paulo para Deputado Federal como o mais votado no Brasil, exatamente 1.348.295. Mas as polêmicas não param por ai, logo viria à notícia de que ele seria analfabeto, a revista Época faria uma reportagem afirmando que ele não sabia ler nem escrever.
“Tiririca, o candidato que não lê. Vários indícios sugerem que Tiririca não sabe ler nem escrever. A constituição proíbe candidatos analfabetos.”- Revista Época.
Mas, após o caso ser levado a julgamento, Tiririca foi absolvido pela justiça e poderá assumir seu mandado.
Tiririca é aprova de que uma pessoa humilde, vinda das camadas mais baixas da sociedade que luta e corre atrás dos seus sonhos pode os tornar reais sem precisar fazer coisas erradas. É a prova de que o melhor remédio para á vida é a verdadeira felicidade.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: